SIGA Mamãe vai atuar em mais 2 municípios prioritários

Nesta terça, a partir das 9h, Luziânia receberá a equipe SIGA Saúde para capacitação dos profissionais das unidades básicas de saúde do município. Será realizado treinamento do módulo SIGA Mamãe para que a rotina das gestantes atendidas na rede pública seja monitorada através de um prontuário eletrônico. No próximo dia 21 será a vez dos profissionais de Águas Lindas a receber a capacitação deste módulo. Luziânia e Águas Lindas estão entre os 30 municípios prioritários estratégicos para redução da taxa de mortalidade infantil (TMI) no Estado.

Através do SIGA Saúde, mais de 700 gestantes já foram georreferenciadas no Estado e estão sendo acompanhadas através do SIGA Mamãe. Atualmente, o módulo registra 347 gestantes de evolução gestacional normal e outras 10 gestantes de riscos. Mas há outras 388 gestantes que não foram classificadas pelos profissionais que utilizam o sistema. A equipe do projeto alerta para a correta inserção dos dados.

“Usar o módulo SIGA Mamãe, preenchendo todos os dados da consulta pré-natal, é de fundamental importância para o bom acompanhamento da gestação. Lá que vai ser feita a classificação de risco da gestante e que constará a informação completa sobre sua condição de saúde, se é diabética, se tem problema cardiopático, pressão alta… Com estas informações, a equipe de saúde da família que cuida da gestante vai poder fazer o melhor por ela”, explica Luiselena Luna, gerente do projeto SIGA Saúde Goiás.

gestantes-residencia

Mapa de gestantes georreferenciadas no Estado, a partir do Módulo SIGA Mamãe. Equipe do projeto alerta para gestantes não informadas.

Sensibilização dos municípios prioritários

Embora o módulo SIGA Mamãe já esteja em operação em 15 municípios goianos, a equipe do SIGA Saúde, junto a Superintendência de Política de Atenção Integral à Saúde (SPAIS) e gerência de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente realizam um trabalho de sensibilização dos secretários municipais de saúde e coordenadores de Atenção Básica dos municípios prioritários para reforçar a importância do módulo para atingir a meta de redução da TMI. Nesta terça-feira (18) o encontro será em Rio Verde, com gestores das regiões de saúde Sudoeste I e II. Além disso, serão levantadas as condições de infraestrutura das unidades, além do georreferenciamento das áreas de atuação das equipes de saúde da família.

Um Comentário para: “SIGA Mamãe vai atuar em mais 2 municípios prioritários

Deixe uma resposta.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>